4 de dezembro de 2009

Tabela da Copa do Mundo 2010 África do Sul

2 comments

Confira os grupos da Copa do Mundo e também as datas e horários de todas as partidas da primeira fase.

Nesta sexta-feira, na Cidade do Cabo, ficaram definidos os grupos da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. O rumo das 32 seleções envolvidas na primeira fase da competição está finalmente traçado. Acompanhe abaixo o sorteio, grupos e tabela da próxima Copa do Mundo:

CERIMÔNIA

A cerimônia começou às 15h (horário de Brasília) com uma mensagem gravada pelo ex-presidente e Prêmio Nobel da Paz, Nelson Mandela, além de uma conversa entre o atual presidente sul-africano, Jacob Zuma, e o presidente da Fifa, Joseph Blatter.

- O futebol tem o poder de unir os povos. Por isso é tão importante ter uma Copa do Mundo na África do Sul. Estamos muito orgulhosos de ter recebido esta honra - disse Mandela.

Logo depois, o presidente sul-africano, Jacob Zuma, e o presidente da Fifa, Jospeh Blatter, entraram no palco e foram recebidos com aplausos para um discurso.

- A Copa do Mundo na África é uma história de amor - disse Blatter,
que depois brincou com a apresentadora Caro Manana, dizendo se apaixonar pela África só de olhar para ela.

A bela atriz sul-africana Charlize Theron, vencedora do Oscar, também foi chamada ao palco. Assim como o meia inglês David Beckham e o zagueiro sul-africano Matthew Booth. O maior astro do futebol de Camarões, Roger Milla, também compareceu à festa.

Antes do sorteio, foram apresentados vídeos curtos sobre a África do Sul, o país sede, sobre as 32 seleções classificadas para o Mundial e sobre a história das Copas, de 1930 a 2006.

SORTEIO

As 32 seleções foram divididas em quatro potes. O primeiro tinha os cabeças de chave do sorteio. O segundo, seleções de Oceania, Ásia e Concacaf. O terceiro, as de África e América do Sul. Por fim, o quarto contava apenas com europeus.

Por ser anfitriã, a África do Sul era a única seleção que já tinha grupo definido, o A. Os demais cabeças de chave foram divididos nos demais grupos. O Brasil caiu no G.

A Seleção teve sorte no segundo pote: escapou de México e Estados Unidos, tendo de enfrentar a Coreia do Norte. No terceiro, no entanto, a situação mudou e a Costa do Marfim caiu no grupo brasileiro.

O quarto pote guardava potências como Holanda e Portugal. E, para azar de Dunga, uma delas caiu no grupo brasileiro. A seleção lusa será adversário.

GRUPO A - África do Sul, México, Uruguai e França
GRUPO B - Argentina, Coreia do Sul, Nigéria e Grécia
GRUPO C - Inglaterra, Estados Unidos, Argélia e Eslovênia
GRUPO D - Alemanha, Austrália, Gana e Sérvia
GRUPO E - Holanda, Japão, Camarões e Dinamarca
GRUPO F - Itália, Nova Zelândia, Paraguai e Eslováquia
GRUPO G - Brasil, Coreia do Norte, Costa do Marfim e Portugal
GRUPO H - Espanha, Honduras, Chile e Suíça

CALENDÁRIO 1ª FASE

Sexta, 11/junho - 11h - África do Sul x México - Joanesburgo (Soccer City)
Sexta, 11/junho - 15h30- Uruguai x França - Cidade do Cabo

Sábado, 12/junho - 8h30 - Argentina x Nigéria - Joanesburgo (Ellis Park)
Sábado, 12/junho - 11h – Coreia do Sul x Grécia - Port Elizabeth
Sábado, 12/junho - 15h30 - Inglaterra x Estados Unidos - Rustenburg

Domingo, 13/junho - 8h30 - Argélia x Eslovênia - Polokwane
Domingo, 13/junho - 11h - Alemanha x Austrália - Durban
Domingo, 13/junho - 15h30 - Sérvia x Gana - Pretória

Segunda, 14/junho - 8h30 - Holanda x Dinamarca - Joanesburgo (Soccer City)
Segunda, 14/junho - 11h - Japão x Camarões - Bloemfontein
Segunda, 14/junho - 15h30 - Itália x Paraguai - Cidade do Cabo

Terça, 15/junho - 8h30 – Nova Zelândia x Eslováquia - Rustenburg
Terça, 15/junho - 11h – Costa do Marfim x Portugal - Port Elizabeth
Terça, 15/junho - 15h30 - Brasil x Coreia do Norte - Joanesburgo (Ellis Park)

Quarta, 16/junho - 8h30 - Honduras x Chile - Nelspruit
Quarta, 16/junho - 11h - Espanha x Suiça - Durban
Quarta, 16/junho - 15h30 - África do Sul x Uruguai - Pretória

Quinta, 17/junho - 8h30 - França x México - Polokwane
Quinta, 17/junho - 11h - Grécia x Nigéria - Bloemfontein
Quinta, 17/junho - 15h30 - Argentina x Coreia do Sul - Joanesburgo (Soccer City)

Sexta, 18/junho - 8h30 - Alemanha x Sérvia - Port Elizabeth
Sexta, 18/junho - 11h - Eslovênia x Estados Unidos - Joanesburgo (Ellis Park)
Sexta, 18/junho - 15h30 - Inglaterra x Argélia - Cidade do Cabo

Sábado, 19/junho - 8h30 - Gana x Austrália - Rustenburg
Sábado, 19/junho - 11h - Holanda x Japão - Durban
Sábado, 19/junho - 15h30 - Dinamarca x Camarões - Pretória

Domingo, 20/junho - 8h30 - Eslováquia x Paraguai - Bloemfontein
Domingo, 20/junho - 11h - Itália x Nova Zelândia - Nelspruit
Domingo, 20/junho - 15h30 - Brasil x Costa do Marfim - Joanesburgo (Soccer City)

Segunda, 21/junho - 8h30 – Coreia do Norte x Portugal - Cidade do Cabo
Segunda, 21/junho - 11h - Chile x Suiça - Port Elizabeth
Segunda, 21/junho - 16h30 - Espanha x Honduras - Joanesburgo (Ellis Park)

Terça, 22/junho - 11h - México x Uruguai - Rustenburg
Terça, 22/junho - 11h - França x África do Sul - Bloemfontein
Terça, 22/junho - 15h30 - Nigéria x Coreia do Sul - Durban
Terça, 22/junho - 15h30 - Argentina x Grécia - Polokwane

Quarta, 23/junho - 11h - Inglaterra x Eslovênia - Port Elizabeth
Quarta, 23/junho - 11h – Estados Unidos x Argélia - Pretória
Quarta, 23/junho - 15h30 - Austrália x Sérvia - Nelspruit
Quarta, 23/junho - 15h30 - Gana x Alemanha - Joanesburgo (Soccer City)

Quinta, 24/junho - 11h - Itália x Eslováquia - Joanesburgo (Ellis Park)
Quinta, 24/junho - 11h - Paraguai x Nova Zelândia - Polokwane
Quinta, 24/junho - 15h30 - Dinamarca x Japão - Rustenburg
Quinta, 24/junho - 15h30 - Camarões x Holanda - Cidade do Cabo

Sexta, 25/junho - 11h - Brasil x Portugal - Durban
Sexta, 25/junho - 11h – Coreia do Norte x Costa do Marfim - Nelspruit
Sexta, 25/junho - 15h30 - Suiça x Honduras - Bloemfontein
Sexta, 25/junho - 15h30 - Espanha x Chile - Pretória

OITAVAS-DE-FINAL

Sábado, 26/Junho - 1A x 2B - Nelson Mandela Bay/Port Elizabeth
Sábado, 26/Junho - 1C x 2D - Rustemburgo

Domingo, 27/Junho - 1D x 2C - Mangaung/Bloemfontein
Domingo, 27/Junho - 1B x 2A - Johanesburgo

Segunda, 28 Junho - 1E x 2F - Durban
Segunda, 28 Junho - 1G x 2H - Johanesburgo

Terça, 29/Junho - 1F x 2E - Tshwane/Pretória
Terça, 29/Junho - 1H x 2G - Cidade do Cabo

QUARTAS-DE-FINAL

Sexta, 02/Julho - 5 x 7 - Nelson Mandela Bay/Port Elizabeth
Sexta, 02/Julho - 1 x 3 - Johanesburgo

Sábado, 03/Julho - 2 x 4 - Cidade do Cabo
Sábado, 03/Julho - 6 x 8 - Johanesburgo

SEMIFINAIS

Terça, 06/Julho - A x C - Cidade do Cabo
Quarta, 07/Julho - B x D - Durban

DISPUTA 3º LUGAR

Sábado, 10/Julho - L1 x L2 - Nelson Mandela Bay/Port Elizabeth

FINAL

Domingo, 11/Julho - W1 x W2 - Johanesburgo

Deixe seu comentário

2 comentários:

  1. quilombonnq06/12/09 20:46

    REVOLUÇÃO QUILOMBOLIVARIANA! 1
    Manifesto em solidariedade, liberdade e desenvolvimento dos povos afro-ameríndio latinos, no dia 01 de maio dia do trabalhador foi lançado o manifesto da Revolução Quilombolivariana fruto de inúmeras discussões que questionavam a situação dos negros, índios da América Latina, que apesar de estarmos no 3º milênio em pleno avanço tecnológico, o nosso coletivo se encontra a margem e marginalizados de todos de todos os benefícios da sociedade capitalista euro-americano, que em pese que esse grupo de países a pirâmide do topo da sociedade mundial e que ditam o que e certo e o que é errado, determinando as linhas de comportamento dos povos comandando pelo imperialismo norte-americano, que decide quem é do bem e quem do mal, quem é aliado e quem é inimigo, sendo que essas diretrizes da colonização do 3º Mundo, Ásia, África e em nosso caso América Latina, tendo como exemplo o nosso Brasil, que alias é uma força de expressão, pois quem nos domina é a elite associada a elite mundial, é de conhecimento que no Brasil que hoje nos temos mais de 30 bilionários, sendo que a alguns destes dessas fortunas foram formadas como um passe de mágica em menos de trinta anos, e até casos de em menos de 10 anos, sendo que algumas dessas fortunas vieram do tempo da escravidão, e outras pessoas que fugidas do nazismo que vieram para cá sem nada, e hoje são donos deste país, ocupando posições estratégicas na sociedade civil e pública, tomando para si todos os canais de comunicação uma das mais perversas mediáticas do Mundo. A exclusão dos negros e a usurpação das terras indígenas criaram-se mais e 100 milhões de brasileiros sendo este afro-ameríndio descendente vivendo num patamar de escravidão, vivendo no desemprego e no subemprego com um dos piores salários mínimos do Mundo, e milhões vivendo abaixo da linha de pobreza, sendo as maiores vitimas da violência social, o sucateamento da saúde publica e o péssimo sistema de ensino, onde milhões de alunos tem dificuldades de uma simples soma ou leitura, dando argumentos demagógicos de sustentação a vários políticos que o problema do Brasil e a educação, sendo que na realidade o problema do Brasil são as péssimas condições de vida das dezenas de milhões dos excluídos e alienados pelo sistema capitalista oligárquico que faz da elite do Brasil tão poderosas quantos as do 1º Mundo. É inadmissível o salário dos professores, dos assistentes de saúde, até mesmo da policia e os trabalhadores de uma forma geral, vemos o surrealismo de dezenas de salários pagos pelos sistemas de televisão Globo, SBT e outros aos seus artistas, jornalistas, apresentadores e diretores e etc. Socialista Q UILOMBOLIVARIANO
    vivachavezviva.blogspot.com/
    quilombonnq@bol.com.br
    Organização Negra Nacional Quilombo
    O.N.N.Q. Brasil fundação 20/11/1970
    por Secretário Geral Antonio Jesus Silva

    ResponderExcluir
  2. quilombonnq06/12/09 20:47

    REVOLUÇÃO QUILOMBOLIVARIANA! 2

    Manifesto da Revolução Quilombolivariana vem ocupar os nossos direito e anseios com os movimentos negros afro-ameríndios e simpatizantes para a grande tomada da conscientização que este país e os países irmãos não podem mais viver no inferno, sustentando o paraíso da elite dominante este manifesto Quilombolivariano é a unificação e redenção dos ideais do grande líder Zumbi do Quilombo dos Palmares a 1º Republica feita por negros e índios iguais, sentimento este do grande líder libertador e construí dor Simon Bolívar que em sua luta de liberdade e justiça das Américas se tornou um mártir vivo dentro desses ideais e princípios vamos lutar pelos nossos direitos e resgatar as histórias dos nossos heróis mártires como Che Guevara, o Gigante Oswaldão líder da Guerrilha do Araguaia. São dezenas de histórias que o Imperialismo e Ditadura esconderam.Há mais de 160 anos houve o Massacre de Porongos os lanceiros negros da Farroupilha o que aconteceu com as mulheres da praça de 1º de maio? O que aconteceu com diversos povos indígenas da nossa América Latina, o que aconteceu com tantos homens e mulheres que foram martirizados, por desejarem liberdade e justiça? Existem muitas barreiras uma ocultas e outras declaradamente que nos excluem dos conhecimentos gerais infelizmente o negro brasileiro não conhece a riqueza cultural social de um irmão Colombiano, Uruguaio, Argentina, Boliviana, Peruana, Venezuelano, Argentino, Porto-Riquenho ou Cubano. Há uma presença física e espiritual em nossa história os mesmos que nos cerceiam de nossos valores são os mesmos que atacam os estadistas Hugo Chávez e Evo Morales Ayma,não admitem que esses lideres de origem nativa e afro-descendente busquem e tomem a autonomia para seus iguais, são esses mesmos que no discriminam e que nos oprime de nossa liberdade de nossas expressões que não seculares, e sim milenares. Neste 1º de maio de diversas capitais e centenas de cidades e milhares de pessoas em sua maioria jovem afro-ameríndio descendente e simpatizante leram o manifesto Revolução Quilombolivariana e bradaram Viva a,Viva Simon Bolívar Viva Zumbi, Viva Che, Viva Martin Luther King,Malcolm X Viva Oswaldão, Viva Mandela, Viva Chávez, Viva Evo Ayma,Rafael Correa, Fernando Lugo, Viva a União dos Povos Latinos afro-ameríndios, Viva 1º de maio, Viva os Trabalhadores do Brasil e de todos os povos irmanados.
    Movimento Revolucionário Socialista Q UILOMBOLIVARIANO
    vivachavezviva.blogspot.com/
    quilombonnq@bol.com.br
    Organização Negra Nacional Quilombo
    O.N.N.Q. Brasil fundação 20/11/1970
    por Secretário Geral Antonio Jesus Silva

    ResponderExcluir