10 de julho de 2008

Brasileirão continua na TV Globo em 2009, 2010 e 2011

2 comments

Os clubes filiados ao Clube dos 13 e TV Globo acertaram há algumas semanas, valores sobre a transmissão para o próximo triênio.

Eram 7 os pacotes oferecidos pelo Clube dos 13 aos interessados na transmissão do Campeonato Brasileiro para o próximo triênio. As reuniões, que passaram por inúmeras fases como a dissidência temporária de Flamengo, Corinthians e São Paulo no "clubinho". A perda dos direitos de transmissão pela Record e outras emissoras, e também discussões sobre divisões de receitas entre os pacotes oferecidos.

A TV Globo adquiriu os direitos de transmissão da TV aberta (pacote 1) por R$ 660 milhões (R$ 220 milhões por temporada). A novidade deste contrato fica por conta da receita "excedente". Tomando como base a audiência média de 21 pontos, a emissora se propôs a pagar R$ 1 milhão a mais para cada ponto em uma determinada faixa. Esse valor aumentará caso os índices cheguem a um segundo patamar e terá um novo acréscimo caso atinja um terceiro piso.

O pacote número 3, de TV fechada, foi adquirido pela SporTV no valor de R$ 50 milhões anuais. Já a Globosat desembolsará R$ 110 milhões para transmitir os jogos pelo sistema de pay-per-view (pacote 4) em 2009, sendo que em 2010 o valor sobe para R$ 125 milhões e, no último ano de contrato, as cifras chegam a R$ 135 milhões. A receita adicional do PPV, que será obtida conforme a venda de pacotes, será distribuída conforme a colocação das equipes no campeonato. A divisão por volume de vendas era um desejo dos clubes desde 2003, mas sempre rejeitada pela Globosat, detentora dos direitos de comercialização do PPV.

No caso dos direitos de marketing - pacote 5, que dá direito ao uso das placas de publicidade -, o valor acordado foi de R$ 90 milhões a cada ano. Dentre os pacotes oferecidos apenas direitos internacionais de TV e telefonia ainda estão em negociação. Mas que correm risco de não serem comercializados, pelo baixo preço oferecido.

Enquanto europeus vendem os direitos de transmissão para o mundo por milhões de euros, o Brasil não consegue vender um campeonato como o nosso, celeiro e exportador de craques para os 4 cantos do planeta, e com uma imagem no país de um dos campeonatos mais disputados por vários times no mundo. Vai entender.

Deixe seu comentário

2 comentários:

  1. Vinicius Flesch08/05/09 10:18

    O campeonato brasileiro é muito ruim. Por isso que não vende.

    Jogos feios e truncados, resultado de uma cultura de jogador se atirando e juiz dando muitas faltas. Somado a isso, não temos jogadores de expressão. Se ao menos a metade dos que vão pro exterior ficassem, seria mais interessante.

    Mas tá melhorando.. ;)

    ResponderExcluir
  2. O clube dos 13 é muito ruim. Não sabem ganhar mais dinheiro. Eles deviam se unir e criar um canal de tv e vender pacotes antecipadamente. Tenho certeza que a arrecação seria o dobro do que a ofericida pelo monopólio da rede globo, corrupta do Brasil.

    ResponderExcluir