15 de maio de 2008

Zenit conquista inédita Copa da Uefa

Leave a Comment

Time russo bate o Glasgow Rangers por 2 a 0 na final em Manchester, no Estádio City of Manchester.

O Zenit São Petesburgo conquistou nesta quarta-feira seu primeiro título continental ao derrotar o Glasgow Rangers por 2 a 0, no estádio City of Manchester, na Inglaterra. Apesar de a maioria dos torcedores presentes à final ser do Glasgow Rangers, o Zenit se impôs, principalmente no segundo tempo, e levou para a Rússia a Copa da Uefa.

Denisov e Zyrianov fizeram os gols do Zenit, que nesta temporada também se sagrou campeão russo. O time é o único de ponta em seu país que não conta com atletas brasileiros. Mais: o Zenit não aceita atletas negros por imposição de sua torcida.

Comandado pelo holandês Dick Advocaat, o Zenit chegou à final credenciado por ter eliminado grandes equipes ao longo da competição, dentre elas o Bayern de Munique (apontado como grande favorito), o Bayer Leverkusen e o Olympique de Marselha.

Ao Rangers, que chegou à decisão ao eliminar a Fiorentina nos pênaltis após dois empates sem gols, restou a frustração de uma vez mais não fazer gols. Desta vez, no entanto, a equipe escocesa pagou caro.

O JOGO

O primeiro tempo foi muito pobre no aspecto técnico. As duas equipes entraram em campo com cinco homens no meio e apenas um atacante. No lado do Zenit, o desfalque do artilheiro Pogrebnyak, suspenso, foi muito sentido. Apesar disso, a melhor chance na primeira etapa foi do time russo. O lateral Anyukov acertou uma bomba de fora da área, e o goleiro Alexander se esticou para fazer boa defesa.

Depois do intervalo, os escoceses voltaram com bem mais disposição e, apesar de não ter havido substituições, o Rangers melhorou. Logo aos 8 minutos, o time se aproveitou da fraqueza da desastrada zaga russa e, na base do abafa, quase abriu o placar. Darcheville e Ferguson tentaram uma vez cada na pequena área, mas acabaram travados pelo goleiro Malafeev. O capitão Ferguson reclamou de pênalti, mas foi ignorado pela arbitragem.

O lance empolgou o Rangers, que passou a suforcar o Zenit. Whittaker, em chute de fora da área, por pouco não abriu o placar, aos 22. Um minuto depois, porém, em rápido contragolpe, o Zenit por pouco não fez seu gol. Arshavin recebeu lançamento e, na intermedíaria, driblou o goleiro Alexander, que saiu atabalhoado. O atacante progrediu e bateu com consciência. No entanto, Papac, um dos dois defensores do Rangers que estavam na linha de gol, salvou de cabeça.

O jogo voltou então a ficar embolado pelo meio e, após um perde-e-ganha na intermediária, aos 27, o Zenit criou seu gol. Denisov fez boa tabela com Arshavin e saiu na cara do goleiro Alexander. O meia bateu de chapa, rasteiro, e correu para o abraço.

Atordoado, o Rangers, em vez de se aproximar do empate, acabou dando ainda mais chances ao rival russo. Zyrianov, livre no bico da pequena área, perdeu chance incrível ao carimbar a trave.

O técnico Walter Smith partiu para o tudo-ou-nada, ao sacar o defensor Papac para lançar o atacante Novo. A mudança, no entanto, surtiu pouco efeito, assim como as outras duas (entradas de McCulloch e Boyd).

No último lance do jogo, o Zenit fez o segundo e fechou o caixão. Dong Jin, que acabara de entrar, foi ao fundo e rolou para Zyrianov empurrar a bola para a rede e deflagrar a festa russa em Manchester.

FICHA DO JOGO

ZENIT/RUS 2 x 0 RANGERS/ESC

ZENIT: Malafeev; Anyukov, Krizanac, Shirokov e Sirl; Tymoschuk, Zyrianov, Denisov, Fayzulin (Dong Jin) e Arshavin; Fatih Tekke

RANGERS: Alexander; Broadfoot, Weir, Cuellar e Papac (Novo); Hemdani (McCulloch), Ferguson, Thomson, Whittaker (Boyd) e Davis; Darcheville.
Técnico: Dick Advocaat. Técnico: Walter Smith.

Gols: Denisov, aos 27, e Zyrianov, aos 48 minutos do segundo tempo.
Cartão amarelo: Malafeev (ZEN).

Estádio: City of Manchester, em Manchester (ING). Data: 14/05/2008.
Árbitro: Peter Frojdfeldt (SUE). Auxiliares: Stefan Wittberg e Martin Ingvarsson (SUE).:

Deixe seu comentário

0 comentários:

Postar um comentário